Volkswagen Meteor

Scania lança programa de inovação aberta

0

Startups interessadas no “Inovação em Movimento” devem fazer inscrição até dia 5 de maio

A Scania tem entre os seus pilares a excelência em inovação e tecnologia. A fabricante de veículos pesados, que há mais de 130 anos faz história produzindo soluções em mobilidade mundo afora (de bicicletas, passando por vagões de trens, até motores à combustão e veículos autônomos e elétricos), tem a cultura da inovação inserida em todas as suas frentes.

Agora, com o objetivo de se aproximar de empresas jovens e inovadoras e de olho em soluções disruptivas, a Scania lança no Brasil o seu primeiro programa de inovação aberta focado em conexão com startups, o “Inovação em Movimento”. As inscrições estão abertas e devem ser feitas até o dia 5 de maio, e podem participar startups de todo o país.

“O ‘Inovação em Movimento’ é um chamado para que startups de todo o Brasil se aproximem da Scania. É uma oportunidade para que essas iniciativas já existentes ou em curso se conectem com uma multinacional que nasceu na Suécia, um dos berços da inovação no mundo, e tenham a chance de desenvolver e testar seus respectivos projetos, soluções ou tecnologias em conjunto e, quem sabe, se tornar um parceiro ou fornecedor da Scania”, explica Fabricio Babler, diretor de Tecnologia da Informação da Scania.

Com duração de seis a oito meses, o “Inovação em Movimento” visa encontrar soluções no ecossistema para resolver desafios propostos pela Scania, transformando-os em oportunidades, além de levar a cultura da inovação para fora das estruturas da empresa.

Desenvolvido sob medida pela Innoscience, consultoria de inovação corporativa especializada em projetos de conexão entre grandes empresas e startups, o programa tem como base método desenvolvido pela Innoscience e publicado na MIT Sloan Review Brasil (revista ligada ao Massachusetts Institute of Technology, meca da tecnologia e da gestão no mundo).

“A Scania já possui algumas iniciativas com foco no desenvolvimento de pessoas e na ampliação da cultura da inovação dentro e fora da empresa, como hackathons (Inovathon) e um programa de intraempreendedorismo (Innovation Factory). Agora, pela primeira vez, estamos abrindo oportunidade para startups e fomos atrás de um modelo que nos ajude a fomentar o mindset de empreendedorismo, agilidade e transformação digital, melhorar os nossos processos, interagir com outros ecossistemas e traçar parcerias externas para que novos projetos de inovação possam prosperar”, destaca Babler.

Os desafios oferecidos pela Scania para as startups se inspirarem e apresentarem suas soluções, nesta primeira edição do “Inovação em Movimento” são nas áreas de análise de dados (para uma melhor previsibilidade de demanda); captação de dados de consumo em tempo real (para monitoramento e gerenciamento ambiental); e gestão do fluxo de pedidos. “Serão priorizadas startups em fase de tração e escala, que tenham condição técnica de trabalhar com uma empresa como a Scania”, explica Maximiliano Carlomagno, sócio fundador da Innoscience. “A estratégia do programa prioriza reforçar o negócio existente para gerar eficiência operacional contratando startups maduras depois de provas de conceito executadas. Iremos monitorar os resultados com base no valor de ganho gerado a partir da relação com startups (crescimento de receita, eficiência e margem, por exemplo)”, completa Maximiliano.

O “Inovação em Movimento é uma oportunidade com possibilidade real para startups fecharem contratos ou virarem parceiras da Scania implementando a solução em escala. Porém, independentemente de seguirem ou não após o programa, ao se conectarem com a Scania, as startups participantes terão a oportunidade de fazer networking com diretoria, gestores e equipes da empresa; ter acesso ao mercado, fornecedores e clientes para testar e desenvolver a solução; ter acesso aos ativos da empresa para apoiar tanto a aplicação, quanto a relação comercial, inclusive conhecimento da indústria; além de testar a solução e/ou tecnologia de forma remunerada com uma instituição reconhecida no mercado.

Como vai funcionar

Organizado em seis fases, o programa será lançado com a abertura das inscrições e scouting (quando os desafios são colocados para as startups se inscreverem para sugerirem potenciais soluções); e na sequência ocorrem a seleção das startups e o pitchday (apresentação das propostas para a escolha) e; com a startup selecionada, será feita a imersão na oportunidade e desenho da potencial solução, bem como o seu experimento; aplicação de pilotos (de três a seis meses) para codesenvolver e testar a solução; até a avaliação de resultados do piloto e deliberação de encerrar, estender ou escalar.

O site para obter mais informações sobre o programa, conhecer detalhes dos desafios propostos e efetuar as inscrições é https://inovacaoemmovimento.scania.com.br/.

Compartilhar

Deixe um comentário