DAF - Oportunidade 2024

Transparência na fábrica de recapagem

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Empresa faz questão de mostrar como reforma as carcaças dos clientes

Um dos pontos altos do novo Truck Center da Zé Pneus em nova Santa Rita (RS) é a fábrica de recapagem. Segundo o diretor Comercial da empresa, Marcos Hernandez, o cliente que for conhecer a unidade vai se deparar com um vidro gigante através do qual poderá observar passo a passo o trabalho de recapagem. “A gente não pega o pneu escondido, leva lá dentro e faz a mágica. O cliente enxerga todo o processo”, compara.

O diretor de Pneus Comerciais da Goodyear, Eduardo Gualberto, diz que o Brasil é o segundo ou terceiro maior mercado de reforma de pneus do mundo. “Tanto é que a gente tem grandes players. A Goodyear é um que está aqui. E tem outros grandes players também atuando nesse mercado.”

Questionado sobre a recapabilidade no País, ele diz que “depende muito de como o dono do pneu cuida da carcaça”. “Em segmentos urbanos, podemos fazer até cinco reformas, mas cada vida roda pouco, entre 50 e 60 mil km. Já o pneu para uso rodoviário, que percorre médias ou longas distâncias, tem duas ou três vidas, mas os ciclos são maiores”, alega.

De acordo com Gualberto, o brasileiro vem aprendendo cada vez mais a fazer bom uso dos pneus. “No geral observamos uma evolução muito boa por parte do usuário que sabe quanto vale o investimento.”

A Goodyear também ressalta o aspecto ecológico dessa indústria. “A cada reforma, você está deixando de colocar um pneu novo no mercado. A gente tem todo um trabalho com Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos) e a Reciclanip (entidade da indústria que recolhe pneus inservíveis).”

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário