Volkswagen Meteor

Receber com cartão já é habitual no transporte de eletrônicos

0

A Transportadora Costeira, que leva eletrônicos de Guarulhos a Belém, já faz o pagamento eletrônico de cerca de 500 agregados há muito tempo. “No nosso segmento, a carta-frete está ultrapassada”, afirma o gerente de Frota e Agregados, Juliano Alba. Todos os seus terceirizados são pessoas jurídicas, com frotas que variam de um a 30 caminhões.

Segundo Juliano, em operações feitas com gerenciamento de risco, que representam 80% do total, seus agregados só podem abastecer em postos predefinidos. Mas isso não representa desvantagem, porque o valor do diesel é estabelecido em negociações prévias. “Ele acaba pagando sempre mais barato”, garante.

Pelo cartão, os motoristas podem fazer saques quantas vezes precisarem, sem custos. E o número de pontos de apoio da administradora é muito grande, o que deixa o caminhoneiro coberto durante toda a viagem.

Ele não revela o custo do serviço prestado pela Repom.

Compartilhar

Deixe um comentário